Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Os projectos de sustentabilidade revelados pelo Green Project Awards

Mäyjo, 08.12.13

Os projectos de sustentabilidade revelados pelo Green Project Awards (com VÍDEO)

 

Sabia que Lisboa tem um dos melhores sistemas de gestão de redes de água do mundo, que permite reduzir as perdas de água, na capital portuguesa, até um nível abaixo dos 9%? E que esse sistema será disponibilizado, em breve, para outras cidades do globo?

Ou que a fralda reutilizável portuguesa Piruiki está referenciada como uma das melhores fraldas do Reino Unido, estando nomeada para os Mother and Baby Awards?

Ou ainda que a Secretaria Regional dos Recursos Naturais dos Açores tem uma rede de estações hidrométricas que permitem compreender, identificar e prever as alterações climáticas no arquipélago?

Estes foram apenas três dos projectos premiados no Green Project Awards 2013, um dos mais importantes centros de distinção e reconhecimento de projectos de desenvolvimento sustentável e economia verde, em Portugal (e Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde), e que já revelou, desde 2008, centenas de ideias que podem mudar o pequeno rectângulo onde vivemos.

Desde 2008, a iniciativa já recebeu mais de mil candidaturas e destinguiu mais de 50 projectos. Conheça melhor o GPA Portugal no episódio 151 do Economia Verde, no seu siteou página do Facebook.

 

 

in: Green Savers

Brasil: embalagens de cartão são usadas para fabricar telhas

Mäyjo, 08.12.13

Brasil: embalagens de cartão são usadas para fabricar telhas (com FOTOS)

 

E se as embalagens assépticas de cartão da Tetra Pak fossem usadas para fabricar telhas? À partida, o senso comum diria que este processo será complicado, mas nada é impossível no mundo da inovação: desde 2000, no mercado brasileiro, que é possível encontrar telhas feitas de embalagens, explica o Protege o que é Bom.

De acordo com o portal, a Tetra Pak apoia a comercialização de telhas produzidas com plástico e alumínio das suas embalagens de cartão. “Os fabricantes de telhas, em conjunto com universidades brasileiras, cooperam na avaliação do material e introdução de importantes melhorias no produto final”, explica o site.

Actualmente, cerca de 15 fabricantes de telhas brasileiros são responsáveis pela produção anual de um milhão de telhas fabricadas a partir de embalagens de cartão para alimentos líquidos. Embalagens usadas, claro.

A Tetra Pak tem um objectivo global de, até 2002, atingir 40% de taxa de reciclagem das suas embalagens, na fase pós-consumo. Isto significaria triplicar a quantidade de embalagens recicladas entre 2010 e 2020, atingindo cerca de 100 mil milhões de embalagens recicladas no ano de 2020.

Projectos como este, que valorizam os resíduos, são uma forte ajuda na persecução deste objectivo. Saiba mais sobre a estratégia de reciclagem das embalagens Tetra Pak no Protege o que é Bom.  E veja também, neste link, as técnicas usadas neste processo.

 

in: Green Savers

Londres: calor das estações de metro vai aquecer casas

Mäyjo, 08.12.13

Londres: calor das estações de metro vai aquecer casas

 

Quem já andou de metro em Londres sabe que esta pode ser uma experiencia bastante quente, mesmo no Inverno, dado ao excesso de aquecimento que existe nas estações.

Actualmente, este excesso de calor é desperdiçado. Paralelamente, à superfície, os londrinos tentam manter as suas habitações quentes. Este facto deu ao mayor de Londres uma ideia: aproveitar o excesso de calor das estações e túneis do metro para aquecer as casas dos londrinos.

A proposta foi anunciada na passada sexta-feira por Boris Johnson e é também uma tentativa da Câmara de Londres para ajudar os cidadãos a reduzir a factura energética. A proposta do mayor de Londres vem na altura certa, já que o último Inverno foi dos mais rigorosos das últimas décadas e o mesmo se espera do Inverno que está para vir, refere o Inhabitat.

Além de ajudar os londrinos a poupar, a medida – que foi desenvolvida em parceria com oIslington CounsilUK Power Networks e os Transportes de Londres – permitirá reduzir as emissões de dióxido de carbono em mais de 500 toneladas por ano.

Esta é uma das medidas que faz parte do plano de Boris Johnson para tornar Londres uma cidade mais limpa e verde. Um dos objectivos do mayor de Londres é reduzir as emissões de dióxido de carbono em 60% até 2025, assim como aumentar em 25% a produção de energia local, também até ao mesmo ano.

 

Foto:  yaaaay / Creative Commons


in: Green Savers